Últimos posts

Os 20 Filmes mais tristes do cinema

A magia do cinema é assim, uma hora nos fazem rir, outra hora nos assusta, nos excita, enchem o coração de ternura com histórias de amor e também nos fazem chorar. Conheça nessa lista mais votadas pelos internautas do mundo inteiro, com os filmes que exigem que você tenha uma caixa de lenços ao lado, pois eles fazem chorar muito.







1) Requiem para um sonho (Requiem for a dream, 2000) - Uma visão frenética, perturbada e única sobre pessoas que vivem em desespero e ao mesmo tempo cheio de sonhos. Harry Goldfarb (Jared Leto) e Marion Silver (Jennifer Connelly) formam um casal apaixonado, que tem como sonho montar um pequeno negócio e viverem felizes para sempre. Porém, ambos são viciados em heroína, o que faz com que repetidamente Harry penhore a televisão de sua mãe (Ellen Burstyn), para conseguir dinheiro. Já Sara, mãe de Harry, viciada em assistir programas de TV. Até que um dia recebe um convite para participar do seu show favorito, o "Tappy Tibbons Show", que transmitido para todo o país. Para poder vestir seu vestido predileto, Sara começa a tomar pílulas de emagrecimento, receitadas por seu médico. Só que, aos poucos, Sara começa a tomar cada vez mais pílulas até se tornar uma viciada neste medicamento.






2) À espera de um milagre (The Green Mille, 1999) - 1935, no corredor da morte de uma prisão sulista. Paul Edgecomb (Tom Hanks) é o chefe de guarda da prisão, que tem John Coffey (Michael Clarke Duncan) como um de seus prisioneiros. Aos poucos, desenvolve-se entre eles uma relação incomum, baseada na descoberta de que o prisioneiro possui um dom mágico que é, ao mesmo tempo, misterioso e milagroso.





3) Sete Vidas (Seven Pounds, 2008) - Ben Thomas (Will Smith) é um agente do imposto de renda que possui um segredo trágico. Devido a ele Ben tem um grande sentimento de culpa, o que faz com que salve as vidas de completos desconhecidos. Porém quando conhece Emily Posa (Rosario Dawnson) é Ben quem tem a chance de ser salvo.





4) O Campeão (The Champ, 1979) - Billy Flynn (Jon Voight) é um ex-lutador de boxe que agora trabalha como adestrador de cavalos em Hialeah. Ele ganha um salário baixo, mas o suficiente para manter a si próprio e seu filho T.J. (Rick Schroder), o qual ganhou a custódia de sua ex-esposa Annie (Faye Dunaway) há sete anos atrás. Visando ter um futuro melhor para o garoto, Billy aceita a oferta de retornar aos ringues.




5) À procura da felicidade (The Pursuit of Happyness, 2006) - Chris Gardner (Will Smith) é um pai de família que enfrenta sérios problemas financeiros. Apesar de todas as tentativas em manter a família unida, Linda (Thandie Newton), sua esposa, decide partir. Chris agora é pai solteiro e precisa cuidar de Christopher (Jaden Smith), seu filho de apenas 5 anos. Ele tenta usar sua habilidade como vendedor para conseguir um emprego melhor, que lhe dê um salário mais digno. Chris consegue uma vaga de estagiário numa importante corretora de ações, mas não recebe salário pelos serviços prestados. Sua esperança é que, ao fim do programa de estágio, ele seja contratado e assim tenha um futuro promissor na empresa. Porém seus problemas financeiros não podem esperar que isto aconteça, o que faz com que sejam despejados. Chris e Christopher passam a dormir em abrigos, estações de trem, banheiros e onde quer que consigam um refúgio à noite, mantendo a esperança de que dias melhores virão.




6) A cor púrpura (The Color Purple, 1985) - Georgia, 1909. Em uma pequena cidade Celie (Whoopi Goldberg), uma jovem com apenas 14 anos que foi violentada pelo pai, se torna mãe de duas crianças. Além de perder a capacidade de procriar, Celie imediatamente é separada dos filhos e da única pessoa no mundo que a ama, sua irmã, e é doada a "Mister" (Danny Glover), que a trata simultaneamente como escrava e companheira. Grande parte da brutalidade de Mister provêm por alimentar uma forte paixão por Shug Avery (Margaret Avery), uma sensual cantora de blues. Celie fica muito solitária e compartilha sua tristeza em cartas (a única forma de manter a sanidade em um mundo onde poucos a ouvem), primeiramente com Deus e depois com a irmã Nettie (Akosua Busia), missionária na África. Mas quando Shug, aliada à forte Sofia (Oprah Winfrey), esposa de Harpo (Willard E. Pugh), filho de Mister, entram na sua vida, Celie revela seu espírito brilhante, ganhando consciência do seu valor e das possibilidades que o mundo lhe oferece.





7) O Óleo de Lorenzo (Lorenzo´s oil, 1992) - Um garoto levava uma vida normal até que, quando tinha seis anos, estranhas coisas aconteceram, pois ele passou a ter diversos problemas de ordem mental que foram diagnosticados como ALD, uma doença extremamente rara que provoca uma incurável degeneração no cérebro, levando o paciente à morte em no máximo dois anos. Os pais do menino ficam frustrados com o fracasso dos médicos e a falta de medicamento para uma doença desta natureza. Assim, começam a estudar e a pesquisar sozinhos, na esperança de descobrir algo que possa deter o avanço da doença.




8) Perdidos na Noite (Midnight Cowboy, 1969) - Joe Buck (Voight), um vaqueiro bonitão do Texas, está convencido de que é a salvação das mulheres solitárias de Nova Iorque, e vai tentar a sorte na "Big Apple".O problema é que sua abastada cliente acaba não aparecendo - e a única fortuna que encontra é a amizade de Ratso Rizzo (Hoffman), um homem cheio de grandes sonhos, desleixado e que vive à custa dos outros. Excluídos da sociedade, os dois acabam tendo uma ligação pouco promissora, que transcende seus sonhos inviáveis e seus planos de enriquecimento rápido, e transforma Perdidos Na Noite num filme único, que proporciona a mesma emoção ao público daquela causada no seu lançamento.





9) Forrest Gump (1994) - "A vida é como uma caixa de chocolates... Nunca se sabe o que se vai encontrar". Como o próprio filme, esta fase de Forrest Gump tornou-se num imediato clássico e numa inspiração para milhões de pessoas em todo o Mundo. Tom Hanks oferece-nos uma fabulosa interpretação no papel de Forrest, neste aclamado filme do realizador Robert Zemeckis que entrou para a história dos filmes mais vistos no cinema e tocou os corações de todos, como nenhum outro filme o fizera.Através de três turbulentas décadas, Forrest cavalga numa cadeia de eventos que o leva de uma incapacidade física até ao estrelado no futebol, de herói do Vietnam a empresário de pesca de camarão, de honras na Casa Branca aos braços do seu verdadeiro amor. Forrest é o símbolo de uma era, um inocente à solta numa América que está a perder a sua inocência. O seu coração sabe o que o seu limitado QI não consegue saber. O seu compasso moral nunca balança. Os seus triunfos tornam-se numa inspiração para todos nós. Forrest Gump. É a história de uma vida.



10) As pontes de Madison (The Bridges of Madison County,1995) - Após a morte de Francesca Johnson (Meryl Streep), uma proprietária rural do interior do Iowa, seus filhos descobrem, através de cartas que a mãe deixou, do forte envolvimento que ela teve com um fotógrafo (Clint Eastwood) da National Geographic, quando a família se ausentou de casa por quatro dias. Estas revelações fazem os filhos questionarem seus próprios casamentos.




11) O menino de pijama listrado (The boy of stripped pajamas, 2008) - Durante a Segunda Guerra Mundial, uma família alemã se muda de Berlim para Auschwitz, quando o patriarca é ordenado a trabalhar em um campo de concentração. Assim, Bruno, um garoto de 8 anos e filho do oficial, começa uma linda amizade com um menino judeu da mesma idade. O filme mostra o modo como o preconceito, o ódio e a violência afetam pessoas inocentes, especialmente as crianças.





12) A Corrente do bem (Pay it forward, 2000) - Eugene Simonet (Kevin Spacey), um professor de Estudos Sociais, faz um desafio aos seus alunos em uma de suas aulas: que eles criem algo que possa mudar o mundo. Trevor McKinney (Haley Joel Osment), um de seus alunos e incentivado pelo desafio do professor, cria um novo jogo, chamado "pay it forward", em que a cada favor que recebe você retribui a três outras pessoas. Surpreendentemente, a idéia funciona, ajudando o próprio Eugene a se desvencilhar de segredos do passado e também a mãe de Trevor, Arlene (Helen Hunt), a encontrar um novo sentido em sua vida.








13) Laços de Ternura (Terms of Endarment, 1983) - Aurora (Shirley MacLaine), uma viúva, e Emma (Debra Winger), sua filha, apesar de se amarem tem uma relação conflituosa. Entretanto, tudo muda quando a filha descobre que está com câncer e, ao mesmo tempo, toma consciência de que foi traída por Flap (Jeff Daniels), seu marido. Simultaneamente sua mãe após anos passa a se interessar por Garrett Breedlove (Jack Nicholson), um vizinho paquerador.





14) Diário de uma paixão (The notebook, 2004) - Numa clínica geriátrica, Duke, um dos internos que relativamente está bem, lê para uma interna (com um quadro mais grave) a história de Allie Hamilton (Rachel McAdams) e Noah Calhoun (Ryan Gosling), dois jovens enamorados que em 1940 se conheceram num parque de diversões. Eles foram separados pelos pais dela, que nunca aprovaram o namoro, pois Noah era um trabalhador braçal e oriundo de uma família sem recursos financeiros. Para evitar qualquer aproximação, os pais de Alie a mandam para longe. Por um ano Noah escreveu para Allie todos os dias mas não obteve resposta, pois a mãe (Joan Allen) dela interceptava as cartas de Noah para a filha. Crendo que Allie não estava mais interessada nele, Noah escreveu uma carta de despedida e tentou se conformar. Alie esperava notícias de Noah, mas após 7 anos desistiu de esperar ao conhecer um charmoso oficial, Lon Hammond Jr. (James Marsden), que serviu na 2ª Grande Guerra (assim como Noah) e pertencia a uma família muito rica. Ele pede a mão de Allie, que aceita, mas o destino a faria se reencontrar com Noah. Como seu amor por ele ainda existia e era recíproco, ela precisa escolher entre o noivo e seu primeiro amor.





15) Minha vida sem mim (Mi vida sin mi, 2003) - Tendo apenas 23 anos, Ann (Sarah Polley) é mãe de duas garotinhas, Penny (Jessica Amlee) e Patsy (Kenya Jo Kennedy), e é casada com Don (Scott Speedman), que constrói piscinas. Ela trabalha todas as noites na limpeza de uma universidade, onde nunca terá condições de estudar, e mora com sua família em um trailer, que fica no quintal da casa da sua mãe (Deborah Harry). Ann mantém uma distância obrigatória do pai, pois ele há dez anos está na prisão. Após passar mal, Ann descobre que tem câncer nos ovários. A doença alcançou o estômago e logo estará chegando no fígado, assim ela terá no máximo três meses de vida. Sem contar a ninguém seu problema e dizendo que está com anemia, Ann faz uma lista de tudo que sempre quis realizar, mas nunca teve tempo ou oportunidade. Ela começa uma trajetória em busca de seus sonhos, desejos e fantasias, mas imaginando como será a vida sem ela.





16) Um amor para recordar (A walk to remember, 2002) - Em plenos anos 90, Landon Carter (Shane West) é punido por ter feito uma brincadeira de mal gosto em sua escola. Como punição ele é encarregado de participar de uma peça teatral, que está sendo montada na escola. É quando ele conhece Jamie Sullivan (Mandy Moore), uma jovem estudante de uma escola pobre. Com o tempo Landon acaba se apaixonando por Jamie que, por razões pessoais, faz de tudo para escapar de seu assédio.





17) Amigas para sempre (Beaches, 1988) - Neste retrato de uma forte amizade, a irrequieta C.C. Bloom (Bette Midler) e a aristocrata Hillary Whitney (Barbara Hershey) dividem os altos e baixos de suas vidas, divórcios, carreiras, alegrias e tristezas. Ao longo da vida, elas sempre foram muito amigas e juntas deverão encarar o maior dos desafios. Amigas Para Sempre é um filme inesquecível, às vezes engraçado, algumas vezes profundamente comovente, mas sempre emocionante. Aplaudido por seu tema universal, com música de George Delerue e excepcionais atuações da fomosa Bette Midler e da encantadora Barbara Hershey. Você irá se lembrar deste filme por muito, muito tempo.





18) A Paixão de Cristo (The Passion of Christ, 2004) - As últimas 12 horas da vida de Jesus de Nazaré (James Caviezel). No meio da noite, Jesus é traído por Judas (Luca Lionello) e é preso por soldados no Monte das Oliveiras, sob o comando de religiosos hebreus, que eram liderados por Caifás (Matti Sbraglia). Após ser severamente espancado pelos seus captores, Jesus é entregue para o governador romano na Judéia, Poncio Pilatos (Hristo Shopov), pois só ele poderia ordenar a pena de morte para Jesus. Pilatos não entende o que aquele homem possa ter feito de tão horrível para pedirem a pena máxima e eram os hebreus que pediam isto. Pilatos tenta passar a decisão para Herodes (Luca de Domenicis), governador da Galiléia, pois Jesus era de lá. Herodes também não encontra nada que incrimine Jesus e o assunto volta para Pilatos, que vai perdendo o controle da situação enquanto boa parte da população pede que Jesus seja crucificado. Tentando acalmar o povo e a província, que detesta, Pilatos vai cedendo sob os olhares incriminadores de Claudia (Claudia Gerini), sua mulher, que considera Jesus um santo.





19) Love Story (1970) - Oliver Barrett IV (Ryan O'Neal), um estudante de Direito de Harvard, conhece Jenny Cavilleri (Ali MacGraw), uma estudande de música de Radcliffe. Um rápido envolvimento surge entre eles, sendo que logo decidem se casar. No entanto, Oliver Barrett III (Ray Milland), o pai do jovem, que é um multimilionário, não aceita tal união e deserda o filho. Algum tempo depois de casados ela não consegue engravidar e, ao fazer alguns exames, se constata que Jenny está muito doente.




20) Beleza Americana (American Beauty, 1999) - Lester Burham (Kevin Spacey) não aguenta mais o emprego e se sente impotente perante sua vida. Casado com Carolyn (Annette Bening) e pai da "aborrecente" Jane (Tora Birch), o melhor momento de seu dia quando se masturba no chuveiro. Até que conhece Angela Hayes (Mena Suvari), amiga de Jane. Encantado com sua beleza e disposto a dar a volta por cima, Lester pede demissão e começa a reconstruir sua vida, com a ajuda de seu vizinho Ricky (Wes Bentley).

21 comentários:

  1. Passando para dizer que gostei das dicas! Alguns já havia assistido, e outros vou procurar pra conferir.
    Abraços, João.

    ResponderExcluir
  2. ola. sao filmes realmente tristes, mas nenhum faz frente para o incrivelmente triste "Paisagem na Neblina", (Topio Stin Omichli) um filme grego de 1988. vale conferir, mas se prepare antes!

    ResponderExcluir
  3. tenho mais um filme super triste,sobrevivendo com lobos,é muito triste,eu chorei demais

    ResponderExcluir
  4. Sempre ao seu lado é filme liindinho, adorei
    E oo Menino de pijama listrado, eu estou lendo ainda, e quando acabar vou assistir oo filme

    ResponderExcluir
  5. Olá!
    Ótima lista!
    Minhas sugestoes:
    A Vida É Bela (La vita è bella)
    Conta Comigo (Stand by me)
    Abraços

    ResponderExcluir
  6. COMO VOCÊ PODE ESQUECER DO EMOCIONANTE FILME DE HISTÓRIAS REAIS, A TROCA E SEMPRE AO SEU LADO E VENTO DOS MORROS UIVANTES? PODERIA ATUALIZAR, POIS ESSES FILMES QUE EU DISSE SÃO HISTÓRIAS REAIS E MUITISSIMOS TRISTES; OBRIGADO!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa lista não foi montada por mim, ela é do American Film Institute.

      Excluir
  7. Acho que sem dúvida, sobre o tema amor é As Pontes de Madison, sem dúvida alguma a gente termina o filme pensando que vai morrer....

    ResponderExcluir
  8. Sete Vidas foi realmente o filme mais triste que já vi na vida...
    Sempre ao seu lado é uma história linda mas que poderia ter sido melhor explorada...já vi filmes de cães que me emocionaram muito mais!
    A.I Inteligencia Artificial tem seu valor tbm... a procura do robozinho por uma mãe q lhe desse amor é fantástica!

    ResponderExcluir
  9. O mais triste filme que assisti foi Brazil.

    ResponderExcluir
  10. Um filme de romance dramático muito interessante também é 'Somewhere in time', 'Em algum lugar do tempo'. Apesar de ser meio utópico, é muito triste.

    ResponderExcluir
  11. "Sociedade dos poetas mortos" também é um filme bem triste

    ResponderExcluir
  12. Outro filme que é triste demais, emocionante demais, é um Olhar do Paraíso, comovente! ;c

    ResponderExcluir
  13. o filme mais triste que eu ja vi foi "The odd life of timothy green" muito triste!!!!

    ResponderExcluir
  14. Alguns filmes de partir o coração, até mais fortes que esses da lista:
    - Platoon, de Oliver Stone, sobre a guerra do Vietnã, tem a cena de morte mais triste e dramática da história;
    - Glória Feita de Sangue, do genial Stanley Kubrick, também tem a guerra como tema e conta a história de um julgamento absurdamente injusto;
    - Pecados da Guerra, de Brian DePalma, é mais um com a guerra do Vietnã como tema. Michael J. Fox é um soldado que tenta em vão salvar uma garota vietnamita de estupradores que são seus próprios colegas de farda;
    - A Primeira Noite de Tranquilidade tem Alain Delon como um professor que se envolve com aluna. Ao invés de romance, uma atmosfera de tristeza e tragédia;
    - Menina de Ouro traz umas das mais impressionantes guinadas de 180° da história do cinema, destruindo qualquer vestígio de Rocky Balboa desta história de uma boxeadora vivida por Hilary Swank;
    - Não Me Abandone Jamais: clones cuja existência se destina apenas a fornecerem órgãos a doentes de famílias abastadas. Só isso já garantiria a tragédia dessa história, mas ainda há uma história de amor entre os jovens clones;
    - Reencontrando a Felicidade. Sim, o título brasileiro é de uma estupidez cavalar, levando-se em conta que a trama é sobre o comportamento de um casal (feito por Aaron Eckart e Nicole Kidman) ante a morte do filho pequeno;
    - Ponte Para Terabítia: esse filme pode enganar pois, apesar da aura de aventura e fantasia, acaba permeado pela fatalidade e melancolia;
    - Bela Aldeia, Bela Chama: a guerra da Bósnia colocando outrora amigos em lados diferentes no front. Até há algum humor irônico, mas o desfecho é de partir o coração;
    - Gritos do Silêncio: uma história de um dramático reencontro de amigos num país devastado pela guerra;
    - Trilogia das Cores, de Kristof Kieslowski. Até o desfecho esperançoso, muita tristeza e melancolia rola na tela.

    ResponderExcluir
  15. Outros filmes arrasadores:
    - Paris, Texas;
    - Desejo e Reparação;
    - Vá e Veja;
    - Os Inocentes;
    - O Orfanato;
    - Adeus, Meninos;
    - A Escolha de Sofia;
    - 21 Gramas.

    ResponderExcluir
  16. Faltou "Para Sempre Lilya" e o "Homem Elefante" de David Linch.

    ResponderExcluir
  17. Paixão sem Limites Lindo, emocionante final surpreendente.

    ResponderExcluir

Design Innova Designed by Templateism.com Copyright © 2014

João Lima Jr. - Design Innova - 2014. Tecnologia do Blogger.