Os 45 Anos da Máquina de Escrever Valentine

sexta-feira, agosto 15, 2014


O ano era 1969, o homem finalmente pisava na lua, o pop art e a moda irreverente e colorida refletia  a jovialidade que comandava a década. No Valentine Day de 69, era lançada pela Olivetti, a máquina de escrever Valentine
Ela foi projetada pelo designer italiano Ettore Sottass e o britânico Perry King para ser uma "máquina anti-máquina", o chassi era de plástico ABS e possuia um estojo que podia ser transportada para qualquer parte.
Tecnologicamente, Valentine não possui nenhum diferencial de outras máquinas fabricadas 50 anos antes, mas ela se destacava pela sua cor vermelha que sobressaia e meio aos outros equipamentos insossos de escritório que eram geralmente cinzas, pretos ou ocres. Ettore a comparou como uma garota de short curtinho e usando muita maquiagem.
Não vendeu muito, mas mesmo assim se torna memorável fazendo parte do acervo permanente do  MoMA (Museum of Modern Art). A máquina de escrever Valentine traduz bem o conceito de forma e função.









You Might Also Like

0 comentários