Moda Discoteca

sexta-feira, novembro 21, 2014


Nos anos 70, com certeza, a discoteca é algo marcante nessa época. Surgiu em meados da década, mas ficou popular mundialmente em 1977 com o filme Os Embalos de Sábado à Noite
Para entrar nesses embalos, pedia-se algo especial em que podia transformar uma simples pessoa em uma diva ou o rei da pista de dança, mesmo que fosse por uma noite e isso ficou por conta da moda feita especialmente para a vida noturna.
Grandes estilistas e catálogos de lojas de departamentos traziam os looks para brilhar à noite. 
Camisas de poliéster ultra estampadas, terninhos, salto plataforma, calças boca de sino, macacões com decotes bem generosos, shortinhos, eram frequentemente vistos nas páginas dos catálogos e revistas de moda.
A confecção das roupas prontas, o chamado Prét-a-Porter, estava em ascensão, mas mesmo assim, grande parte das pessoas ainda tinham a sua costureira de confiança, pois a peça ficava sob medida e bem mais barata.
Criadores do mundo fashion logo trataram de colocar muitos paetês, tecidos metalizados, transparências e muita lycra, afinal de contas, as discotecas eram templos do hedonismo, a ordem era dançar, seduzir e curtir.
Havia o jogo de "esconde e mostra", mostrar os seios, por que não? Mas de forma velada, através de uma camisa transparente.
Com sexismo em alta, os homens passaram a exibir o seu lado sexy, algo então que era exclusivo das mulheres. As roupas masculinas passaram a ter mais sex-appeal, pois no final da noite, eles poderiam acabar na cama de alguém.
Enfim, a discoteca agregava gays, negros, grã-finos, pobres, gente arrumadinha com roupa de grife e também gente mal ajambrada, meio largada. 
Confira essas imagens nostálgicas e viaje um pouco no tempo, na época das discotecas.































































You Might Also Like

0 comentários