Novo volume de "Quadrinhos no Cinema" chega às livrarias

terça-feira, março 25, 2014


Trilogia que analisa a história dos quadrinhos dentro do cinema é o lançamento do mês na Editora Évora

A primeira história em quadrinhos moderna foi criada pelo artista americano Richard Outcault em 1895 segundo pesquisadores. A linguagem de HQs com personagens fixos e uma história contada em quadros e balões ganhou o modelo que a gente vê hoje no final do século XIX e atrai milhares de leitores e fãs. Depois disso foram criados os mais interessantes e sofisticados personagens e para cair no gosto popular nem precisou virar a página. Os super-heróis começaram a ser cultuados e, independente do poder que possuem, são detentores de uma legião de fãs espalhados por todo mundo. Não interessa a nacionalidade, tem sempre uma pessoa que conhece todas as características de determinado herói e que se enraivece quando percebe uma informação errada. É assim em qualquer lugar do planeta!

Depois de ganhar as páginas impressas, os heróis invadiram as telas de cinema e mesmo com orçamento baixo e, às vezes com pouquíssima tecnologia, eles deram o ar da graça salvando o planeta, munidos de poderes especiais, capa, espada e escudos. Tem herói para todos os gostos e, lógico, para cada herói instalado temos uma legião de vilões tão populares quanto os queridos mocinhos.


Sobre o assunto a Editora Évora, pelo selo Generale, traz o terceiro volume do Quadrinhos no Cinema – o Guia Completo dos Super-Heróis de Alexandre Callari, Bruno Zago e Daniel Lopes.


Nessa temporada, os autores destrincham o perfil e contam a história da criação com curiosidades, além de abordar as origens do mais conhecido mutante do planeta, o selvagem Wolverine, e um dos personagens mais populares da Marvel, o Homem de Ferro. Além deles, o livro conta com o retorno do primeiro super-herói do cinema, o Superman, e traz, ainda, um capítulo inteirinho dedicado ao Motoqueiro Fantasma, que foi parte de uma série de projetos de terror lançada nos anos 70.


Wolverine, que já estrelou diversas adaptações para outras mídias, tem suas forças e fraquezas expostas no volume. O mutante, que já conseguiu regenerar toda a pele derretida de seu corpo, recuperou membros amputados e sobreviveu à explosões, já sofreu muito com crises respiratórias, resfriados e alergias. Já no capítulo dedicado ao Homem de Ferro, os autores contam que o cenário da primeira versão era a Guerra do Vietnã, mas assim como outros elementos, sofreu alterações ao longo dos anos. Após diversas melhorias tecnológicas, até a armadura do Homem de Ferro foi alterada e, graças a isso, hoje representa uma das maiores máquinas de combate do planeta.


O livro revela detalhadamente curiosidades desde a criação do Superman – que deu início à Era de Ouro dos quadrinhos – até questões editoriais como as influências de outros super-heróis mitológicos na formação de suas fraquezas (Aquiles, por exemplo, tinha o calcanhar - ponto fraco da sua armadura – como sua “kryptonita” e Sansão, os cabelos). O Motoqueiro Fantasma fecha com chave de ouro essa edição. Os autores mencionam as diversas nomenclaturas já atribuídas ao longo dos anos para o personagem que, originalmente, foi criado para ser um vilão, mas ficou bom demais para ser “desperdiçado”.


Quadrinhos no Cinema pode ser considerado um verdadeiro almanaque da cultura dos super heróis e encanta o universo geek desde 2011, Alexandre Callari, um dos autores, explica que “nesse volume dos Quadrinhos de Cinema buscamos não modificar a linha mestra que foi colocada desde o primeiro livro. Aprimoramos inclusive a linha do tempo que explica cronologicamente a criação de cada herói retratado e buscamos trazer o máximo de informações”. Callari explica que “seria interessante fazer um livro a cada novo herói que chega aos cinemas ou vira série de TV, mas como isso ainda não é possível, convido o leitor a prestigiar o terceiro volume da série”.


SOBRE A TRILOGIA LANÇADA PELO SELO GENERALE - O primeiro livro da coleção “Quadrinhos no Cinema” contou com mais de 160 curiosidades sobre Lanterna Verde, Thor, Capitão América e Conan. O objetivo da obra era abordar a trajetória dos heróis que surgiram na literatura e migraram para as telonas. Embalados pelo sucesso dessa primeira produção, Alexandre Callari, Daniel Lopez e Bruno Zago lançaram o volume dois que trazia a história de Batman, Os Vingadores, Juiz Dreedd e Homem Aranha, com ainda mais curiosidades. Agora chegou a hora dos fãs de quadrinhos conhecererem o novo almanaque da Editora Évora para 2013.
“Quadrinhos no Cinema 3 – o Guia Completo dos Super-Heróis” de Alexandre Callari, Bruno Zago e Daniel Lopes, do selo Generale, está disponível em todas as livrarias ou pelo site www.editoraevora.com.br .


SOBRE OS AUTORES
Alexandre Callari graduou-se em Letras. É escritor, tradutor, palestrante e aficionado por cinema e quadrinhos. No passado, também trabalhou com música e artes marciais. É autor de vários livros proprietário de uma coleção de 11 mil quadrinhos antigos. Callari viaja frequentemente pelo país fazendo exposições de suas edições raras. É editor e apresentador do site Pipoca & Nanquim, onde faz o que realmente adora: falar de cinema e de quadrinhos.
Bruno Zago é graduado em Publicidade e Propaganda e possui pós-graduação em Marketing-MBA em Gestão de Marcas. Leciona Marketing e também atua como profissional da área no desenvolvimento e na criação de peças publicitárias. Sempre foi fã de cinema e de histórias em quadrinhos e, obviamente, é colecionador compulsivo das duas coisas – filmes e HQs, paixão que o levou a fundar o programa Pipoca e Nanquim, em 2009, onde atua como editor e apresentador.


Daniel Lopes é graduado em Ciências Econômicas pela Unesp. Na metade do curso, notou que poderia unir o útil ao agradável e passou a estudar o mercado editorial de HQs. Concluiu seus estudos com a tese Constituição e dinâmica recente do mercado de histórias em quadrinho no Brasil. Apresentador e editor do site Pipoca e Nanquim, com os dois amigos mencionados, no qual discorrem sobre cinema e quadrinhos. Sempre investe a maior parte do seu tempo e orçamento em suas coleções de quadrinhos, LPs e filmes.


SOBRE A EDITORA ÉVORA
A Editora Évora (www.editoraevora.com.br) chegou ao mercado com uma proposta inovadora, pautada em obras de qualidade, com conteúdos de alta relevância e inovadores que agreguem valor aos leitores e os ajudem a realizar objetivos e projetos pessoais e profissionais com excelência. O catálogo da editora conta com obras de ficção e não ficção, de autores relevantes nacionais e internacionais.

Via: Digital Trix

You Might Also Like

0 comentários