Dodge La Femme, O Carro Feminino da Chrysler

julho 19, 2012




O ano é 1955, 10 anos após a II Guerra Mundial, os Estados Unidos se tornara uma superpotência mundial e exportava o seu estilo de vida para todo planeta. 
Nesse cenário de prosperidade, as famílias americanas sentiram a necessidade de ter um segundo automóvel, um para ficar com o marido que ia para o trabalho e outro para esposa, que cumpria a função de  Rainha do lar nessa época e precisava de um carro para ir ao supermercado, levar as crianças na escola e etc. 
Atendendo a essa necessidade, a montadora Chrysler lançou o Dodge La Femme, "Um carro projetado especialmente para a Sua Majestade... A Mulher Americana", era o que dizia os anúncios da época. 
O carro foi desenvolvido baseado em dois modelos da época, o La Comte e La Comtesse. Os primeiros modelos eram pintados de rosa, na cor Dusty Rose. Haviam também carros bicolores, em rosa e branco, o Dusty Rose e Sapphire White
A inscrição "La Femme" em tipografia manuscrita era em dourado, o carro com elegante "rabo de peixe", vinha com compartimentos na parte de trás do  banco dianteiro, onde tinha uma bolsa de luxo com um medalhão dourado, onde a proprietária do veículo podia gravar seu nome, dentro da bolsa havia batom, pente, isqueiro, estojo para cigarros, pó compacto facial e porta niqueis, tudo criado pela Evans, uma indústria de roupas finas em Chicago. No banco traseiro, ainda havia um compartimento onde se guardava o guarda-chuva e a capa. O interior do carro era revestido com tecido estampado de pequenos botões de rosa.
Em 1966, os carros rosas saem de linha e entram os modelos com combinação de tons de lavanda e lilás, nas cores Misty Orchid e Regal Orchid
Em 1957, o carro deixou de ser produzido, as vendas haviam caídos, devido a falta de divulgação e publicidade, pois não haviam comerciais do La Femme no rádio, revista ou televisão, os únicos anúncios do La Femme era panfletos e cartazes que ficavam nas concessionárias. 
Pode se dizer que o Dodge La Femme foi o primeiro carro "mulherzinha" da história. 
















You Might Also Like

1 comentários

  1. Adorei seu post. Trabalho num loja no Brasil especializada em acessorios femininos automotivos. www.lojacarrodebolso.com.br E estou sempre em busca de materias sobre carros voltado para mulheres. Aqui no Brasil, esse segmento ainda é muito "machista" Gostei de saber que a Dodge, a frente de seu tempo, desde essa epoca pensou em fazer um carro para as mulheres.

    ResponderExcluir

Instagram